Vadia

Conhece algum bar, café ou restaurante onde se possa beber ou comprar uma boa cerveja? Partilhe connosco os locais onde adquire cerveja, seja no supermercado ou naquela pequena loja lá do bairro que tem sempre uma cerveja diferente.
Avatar do Utilizador
ruibuck
Bebedor de minis!
Mensagens: 27
Registado: domingo ago 26, 2012 2:09
Localização: Cacém

Vadia

Mensagempor ruibuck » domingo mar 17, 2013 11:05

A Vadia já se encontra no bar Enólogos Amadores
Travessa do Sequeiro 28 (Elevador/Calçada da Bica - LX)
Mas só as recebem uma vez por Mês em lotes de 10 de cada.


GothTec
Beer Hunter
Mensagens: 54
Registado: segunda mar 11, 2013 16:23
Localização: Odivelas/ Ramada

Re: Vadia

Mensagempor GothTec » segunda mar 18, 2013 11:45

A Bica é um sítio sempre agradável e posto isto, tenho que ir lá dar um saltinho e conhecer a tal Vadia... (isto dito assim até parece outra coisa)


In cervejae veritas
#1º Pilsen (grão) 10-03-2013
#2º Brewferm Diabolo (kit) - No fermentador
Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Vadia

Mensagempor mmmoura » terça mar 19, 2013 0:48

já dei um saltinho a esse enologos amadores, mas sai de lá a achar que têm o preço das cervejas muito inflacionado. Têm uma razoavel variedade de cervejas, mas os preços são altos para as que têm, em relação à vadia ainda não sei.

Também há há um restaurante na praia das maçãs que tem vaida e rolls beer. Estive lá hoje, e alem das cervejas come se lá bem.


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/
GothTec
Beer Hunter
Mensagens: 54
Registado: segunda mar 11, 2013 16:23
Localização: Odivelas/ Ramada

Re: Vadia

Mensagempor GothTec » terça mar 19, 2013 10:29

Viva,

Como é que se chama esse restaurante na praia das Maçãs?


In cervejae veritas
#1º Pilsen (grão) 10-03-2013
#2º Brewferm Diabolo (kit) - No fermentador
Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Vadia

Mensagempor mmmoura » terça mar 19, 2013 12:53

É a taberna do clube. Descobri através do facebook da vadia, eles postaram a dizer que ja tinham vadia nesse restaurante.
O facebook é este:

https://www.facebook.com/taberna.doclube?ref=ts&fref=ts


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
ruibuck
Bebedor de minis!
Mensagens: 27
Registado: domingo ago 26, 2012 2:09
Localização: Cacém

Re: Vadia

Mensagempor ruibuck » terça mar 19, 2013 12:55

Sim, os preços são um bocado puxados, mas trata-se de um bar nocturno logo ai...
A Vadia julgo ser a 5€
Tb gostava de dar um salto a esse da Praia das Maçãs


Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Vadia

Mensagempor mmmoura » terça mar 19, 2013 13:08

Sim isso de tar numa zona de bares inflaciona. Nesse da praia das maças é a 4 euros cada. e as rolls beer tao a 12 euros. So provei as vadias, mesmo assim tambem tá um bocadinho puxado o preço. Para as rolls beer agora tenho de poupar :shock: Sabem qual é o preço comprado directamente à Vadia?


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/
GothTec
Beer Hunter
Mensagens: 54
Registado: segunda mar 11, 2013 16:23
Localização: Odivelas/ Ramada

Re: Vadia

Mensagempor GothTec » terça mar 19, 2013 14:24

Fogo! 12€ a Rolls? A garrafa é de quanto?


In cervejae veritas
#1º Pilsen (grão) 10-03-2013
#2º Brewferm Diabolo (kit) - No fermentador
Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Vadia

Mensagempor mmmoura » quarta mar 20, 2013 15:55

são de 75cl. Dessas tambem n sei qual o preço original.


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
chimay
Aprendiz de Cervejeiro
Mensagens: 125
Registado: terça ago 29, 2006 14:10

Re: Vadia

Mensagempor chimay » quarta mar 20, 2013 16:21

A questão do preço alto é: quem está a inflacionar os preços? O produtor ou o vendedor final? Dirimindo isso temos uma parte da questão solucionada. É que o probelma, à imagem do que acontece em outros países, pode estar em ambos os lados e cabe a nós, consumidores minimamente informados, alertar para a questão.

Por um lado, lá por uma cerveja se chamar artesanal e ser realmente artesanal não pode exigir que se paguem preços astronómicos. Na minha opinião, e como já referi em outro post, a Rolls Beer é um exemplo. Quem conheça as instalações deles, a maneira como fazem cervejas e já tenha mesmo experimentado as cervejas, não pode deixar de achar que o preço é exorbitante logo à saída. A imagem e as garrafas serem bonitinhas não é tudo. Aliás, para quem gosta de cerveja é pouco. Outra questão é a mais-valia que o intermediário coloca à cabeça por vender cervejas artesanais. Já comprei a Sovina a 2€ e a 4€. A mesma cerveja. Algo está errado aqui.

Mas é como tudo. O mercado começou agora, vão certamente surgir inúmeras marcas, umas de trampa e outras bastante razoáveis e, como disse, cabe-nos a nós e ao mercado definir o que é bom e mau. O problema é que o mercado nem sempre se rege por decisões lúcidas e objetivas. Caso contrário bye bye Sagres e Super Bock.


lupulado
Beer Hunter
Mensagens: 89
Registado: quinta jan 17, 2013 14:10

Re: Vadia

Mensagempor lupulado » quarta mar 20, 2013 20:07

chimay Escreveu:A questão do preço alto é: quem está a inflacionar os preços? O produtor ou o vendedor final? Dirimindo isso temos uma parte da questão solucionada. É que o probelma, à imagem do que acontece em outros países, pode estar em ambos os lados e cabe a nós, consumidores minimamente informados, alertar para a questão.

Por um lado, lá por uma cerveja se chamar artesanal e ser realmente artesanal não pode exigir que se paguem preços astronómicos. Na minha opinião, e como já referi em outro post, a Rolls Beer é um exemplo. Quem conheça as instalações deles, a maneira como fazem cervejas e já tenha mesmo experimentado as cervejas, não pode deixar de achar que o preço é exorbitante logo à saída. A imagem e as garrafas serem bonitinhas não é tudo. Aliás, para quem gosta de cerveja é pouco. Outra questão é a mais-valia que o intermediário coloca à cabeça por vender cervejas artesanais. Já comprei a Sovina a 2€ e a 4€. A mesma cerveja. Algo está errado aqui.

Mas é como tudo. O mercado começou agora, vão certamente surgir inúmeras marcas, umas de trampa e outras bastante razoáveis e, como disse, cabe-nos a nós e ao mercado definir o que é bom e mau. O problema é que o mercado nem sempre se rege por decisões lúcidas e objetivas. Caso contrário bye bye Sagres e Super Bock.


Não considero a Rolls Beer nem bonita de aspecto, muito pelo contrário. Mas isso são gostos e cada um tem o seu. Nunca a provei, mas pelas mesmas razões que apresentas, parece-me cara.

Outra questão é a dimensão das cervejeiras artesanais. A cerveja custa a produzir e principalmente a rede de distribuição é muito fraca, como seria de esperar. Enquanto não se aumentar a produção, a quantidade de cervejas por lote e consequentemente a rede de distribuição, os preços vão ser sempre altos. E notar-se-à sempre a diferença se a cerveja tiver que viajar, como no caso da Sovina, do Porto para Lisboa, ou outros destinos. Mesmo em Lisboa, há Sovina a 1,5€(pressão), a 3€(garrafa) e a 4,5€ (garrafa). Aí já se entra no campo que falas do intermediário. Beber no Chiado não é a mesma coisa que beber em Sacavém. Um espaço num sítio custa 50x mais do que no outro e o preço reflecte-se nos produtos.

Ou seja, parece-me que há casos em que se tenta vender gato por lebre e outros em que a logística de pequena dimensão não permite uma expansão barata do produto. No primeiro caso, parece-me que mais cedo ou mais tarde o consumidor vai dar conta e vai dar para o torto para a cervejeira. No segundo caso, para se ter preços mais competitivos, terá de se facturar muito para a rede crescer sustentavelmente.

Bom tema este.

Cumprimentos.


Avatar do Utilizador
chimay
Aprendiz de Cervejeiro
Mensagens: 125
Registado: terça ago 29, 2006 14:10

Re: Vadia

Mensagempor chimay » sexta mar 22, 2013 18:42

Sim, é um tema muito bom. E no essencial concordo contigo. Mesmo em cervejas já não tão artesanais se coloca a questão da disparidade de preços. Uma Chimay azul no bar do Cais do Sodré ronda os 4,80€. Já a bebi também num restaurante em Lisboa por 3€.

O problema é que a ganância pode matar a galinha dos ovos de ouro. Cervejas artesanais portuguesas a mais de 10€, mesmo numa garrafa de 75cl, parece-me um exagero. Se e quando a qualidade o compensar, darei os 10€ como dou por exemplo por uma Rogue. Mas ainda não chegámos aí (em termos de qualidade, pois em termos de preço tenho sido negativamente surpreendido). E acho que se anda a vender gato por lebre em algumas situações. Como já disse, lá por se dizer cerveja artesanal não tem que ser de qualidade ou não poder ser atacada. Como consumidor de cerveja tenho ed ser justo e se acho que não presta... não presta.

Apesar de tudo há já cervejas artesanais nacionais muito interessantes e é esse aspecto que acho o mais importante.


victor.silva
O que é uma cerveja?
Mensagens: 8
Registado: quinta mar 08, 2012 20:33

Re: Vadia

Mensagempor victor.silva » domingo mar 24, 2013 2:30

Muito boa noite a todos

É com agrado que verifico a abertura de um tópico sobre a Cerveja Vadia, pois isso significa que aos poucos vai ganhando o seu espaço no panorama cervejeiro português. No entanto, o tema acabou por derivar para um âmbito mais genérico, que é o preço das cervejas artesanais.

Sobre este assunto, devo lembrar que não podemos confundir cerveja caseira com cerveja artesanal (licenciada).

A cerveja artesanal será sempre mais cara que a cerveja industrial.
Começando pela matéria prima (no caso da Vadia, a utilização exclusiva de ingredientes de elevada qualidade que excluindo a água são todos importados), passando pelo processo de produção e terminando na embalagem e distribuição, qualquer destas fases é muito mais cara que no processo industrial, simplesmente porque requer um uso intensivo de mão de obra, um consumo energético elevado e o numero de litros produzido por cada lote é reduzido.
Não esquecer ainda os impostos (Iva e imposto especial sobre o álcool).
Por fim, temos de acrescentar ainda a amortização de instalações e equipamentos.
O licenciamento industrial sendo municipal, pode subentender algum facilitismo. Devo dizer que no nosso caso foi o contrário, provavelmente pelo profissionalismo e desconhecimento desta actividade por parte dos técnicos municipais, que fez aumentar o nível de exigência.

Independentemente da qualidade da cerveja, quem a produzir no contexto acima referido, terá como resultado um produto caro. Se isso não acontece, algo não está bem.

A comparação de preços não deve ser feita nunca com as cervejas industriais correntes, mas sim com as chamadas cervejas especiais, todas elas importadas. Nenhuma destas é produzida na escala das cervejas artesanais portuguesas.

Devemos também comparar pelo volume. Uma garrafa de 33cl será naturalmente mais barata que uma de 50cl. A Vadia apenas comercializa cerveja em garrafas de 50cl e 75cl.

Sobre a disparidade de preços verificados nos diversos pontos de venda, só poderei responder pela Vadia, que oferece condições idênticas a todos os seus clientes. No entanto, cada um deles tem a sua política de preços e quanto a isso nada podemos fazer, senão recomendar. Como já foi também referido aqui, não nos devemos esquecer que o preço final depende muito do tipo de negócio, localização, condições oferecidas ao consumidor, etc.

Para concluir, resta-me dizer que a redução do custo acontecerá natural e gradualmente através do aumento da produção, que obviamente depende do aumento da procura. Como todos sabem, Portugal é um país de vinho e cerveja industrial e durante muitos anos resistiu a este fenómeno. Ainda estamos a dar os primeiros passos ao nível das cervejas especiais, tanto ao nível da produção, como do consumo.

Sendo pioneiras, marcas como a Vadia e a Sovina (entre muito poucas), têm tido um papel muito importante neste processo e de alguma forma facilitam o caminho de outros que também têm a coragem de se aventurar neste mundo. Muitos irão aparecer, nem todos irão sobreviver. Serão os consumidores a decidir.

Victor Silva
Cerveja Vadia


Avatar do Utilizador
chimay
Aprendiz de Cervejeiro
Mensagens: 125
Registado: terça ago 29, 2006 14:10

Re: Vadia

Mensagempor chimay » terça mar 26, 2013 23:29

victor.silva Escreveu:Muito boa noite a todos

É com agrado que verifico a abertura de um tópico sobre a Cerveja Vadia, pois isso significa que aos poucos vai ganhando o seu espaço no panorama cervejeiro português. No entanto, o tema acabou por derivar para um âmbito mais genérico, que é o preço das cervejas artesanais.

Sobre este assunto, devo lembrar que não podemos confundir cerveja caseira com cerveja artesanal (licenciada).

A cerveja artesanal será sempre mais cara que a cerveja industrial.
Começando pela matéria prima (no caso da Vadia, a utilização exclusiva de ingredientes de elevada qualidade que excluindo a água são todos importados), passando pelo processo de produção e terminando na embalagem e distribuição, qualquer destas fases é muito mais cara que no processo industrial, simplesmente porque requer um uso intensivo de mão de obra, um consumo energético elevado e o numero de litros produzido por cada lote é reduzido.
Não esquecer ainda os impostos (Iva e imposto especial sobre o álcool).
Por fim, temos de acrescentar ainda a amortização de instalações e equipamentos.
O licenciamento industrial sendo municipal, pode subentender algum facilitismo. Devo dizer que no nosso caso foi o contrário, provavelmente pelo profissionalismo e desconhecimento desta actividade por parte dos técnicos municipais, que fez aumentar o nível de exigência.

Independentemente da qualidade da cerveja, quem a produzir no contexto acima referido, terá como resultado um produto caro. Se isso não acontece, algo não está bem.

A comparação de preços não deve ser feita nunca com as cervejas industriais correntes, mas sim com as chamadas cervejas especiais, todas elas importadas. Nenhuma destas é produzida na escala das cervejas artesanais portuguesas.

Devemos também comparar pelo volume. Uma garrafa de 33cl será naturalmente mais barata que uma de 50cl. A Vadia apenas comercializa cerveja em garrafas de 50cl e 75cl.

Sobre a disparidade de preços verificados nos diversos pontos de venda, só poderei responder pela Vadia, que oferece condições idênticas a todos os seus clientes. No entanto, cada um deles tem a sua política de preços e quanto a isso nada podemos fazer, senão recomendar. Como já foi também referido aqui, não nos devemos esquecer que o preço final depende muito do tipo de negócio, localização, condições oferecidas ao consumidor, etc.

Para concluir, resta-me dizer que a redução do custo acontecerá natural e gradualmente através do aumento da produção, que obviamente depende do aumento da procura. Como todos sabem, Portugal é um país de vinho e cerveja industrial e durante muitos anos resistiu a este fenómeno. Ainda estamos a dar os primeiros passos ao nível das cervejas especiais, tanto ao nível da produção, como do consumo.

Sendo pioneiras, marcas como a Vadia e a Sovina (entre muito poucas), têm tido um papel muito importante neste processo e de alguma forma facilitam o caminho de outros que também têm a coragem de se aventurar neste mundo. Muitos irão aparecer, nem todos irão sobreviver. Serão os consumidores a decidir.

Victor Silva
Cerveja Vadia


Obrigado pelas explicações, Victor.
É sempre bom ter "inside information" para melhor compreender as coisas.
Cumprimentos.



Voltar para “BARES, CAFÉS, RESTAURANTES E OUTROS”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante