Comprariam cerveja caseira?

Vote numa sondagem existente ou crie a sua para saber a opinião dos outros.

Se existisse uma cerveja caseira portuguesa...

Votação encerrada em terça dez 04, 2007 14:04

Compraria sem hesitar
2
18%
Compraria pelo menos uma vez para experimentar
4
36%
Só compraria se soubesse a origem, receita, etc.
5
45%
Dificilmente compraria
0
Sem votos
Não compraria.
0
Sem votos
 
Total de votos: 11
Avatar do Utilizador
Cerevisiae
8ª Colina
Mensagens: 670
Registado: segunda dez 04, 2006 0:12
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor Cerevisiae » sábado out 27, 2007 23:58

Na última semana não vim ao fórum. E pelos vistos perdi um bom tópico.

Não percebo muito bem a questão da higiene,etc. É ÓBVIO que para colocar um produto alimentar no mercado este deve respeitar todas as normas em vigor. E não é só questões de higiene. Há todo um conjunto de parâmetros fisico-químicos e microbiológicos que devem ser controlados, desde a matéria prima ao produto acabado.

A hipótese de vender uma cerveja caseira de outra forma que não seja de acordo com a lei vigente e normas higio-sanitárias parece-me a descartar, pelo menos para mim.

Um dos meus clientes montou recentemente uma micro em Vigo! Sim já está perto de Portugal. Estive a falar com ele sobre estas questões. Neste momento fermenta tudo em aço inox, como é óbvio. Faz uma série de análises à cerveja. As que não tem capacidade de fazer manda fazer a laboratórios acreditados, etc. é necessário controlas coisas como metais pesados, determinados microorganismos, etc. Uma coisa destas exige algum investimento.

O tempo da senhora que faz uns bolos muito bons e vendia na vizinhança, feliz ou infelizmente já lá vai. O mesmo vale para a cerveja: para colocar um produto no mercado há que cumprir um conjunto de normas que salvaguardam a saúde dos consumidores. Se essas normas garantem ou não qualidade e sabor do produto já é outra conversa.

Façam ou bebam ... boas cervejas


Avatar do Utilizador
Cerevisiae
8ª Colina
Mensagens: 670
Registado: segunda dez 04, 2006 0:12
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor Cerevisiae » domingo out 28, 2007 0:05

a questaõ mais importante é o que a Barbas levantou: Rentabilidade

Estou mesmo a ver um brewpub e a malta a entrar e pedir ao empregado: Uma SuperBock fresquinha !!!

Um empreendimento deste tipo teria que viver de um nicho de mercado muito pequeno. A alternativa seria fazer uma cerveja parecida com as majors e lá se ia a diferenciação...

Talvez com a crescente penetração de cervejas estrangeiras em Portugal o padrão de consumo mude e haja maior apetência por produtos diferenciados com um sabor verdadeiramente autêntico.

Até lá vou continuar com o meu BrewPub cá de casa :)


Avatar do Utilizador
Rasec
THE BrewMaster
Mensagens: 457
Registado: quinta set 21, 2006 22:50

Mensagempor Rasec » domingo out 28, 2007 13:23

Essencialmente estamos a misturar dois conceitos:

- Cerveja caseira (feita em casa, na garagem ou na cave), feita com paixão mas poucas condições. A ser vendida, teria de ser quase obrigatoriamente "fora da lei" e aos amigos e vizinhos mais próximos. Penso que distribuição pelo correio é impossível, e nenhum café/restaurante compraria o produto por questões legais (claro que há sempre um ou outro que comprava, mas vamos assumir que os nossos comerciantes são todos pessoas que trabalham segundo a lei :lol: )


- Cerveja de brewpubs, feita em condições de excelência (normamente) e consumida no próprio local de produção. Não tem problemas de estabilização associados ao transporte, normalmente são salas pensadas de raiz, com sistemas de CIP funcionais, etc.. Neste caso, o único problema é a rentabilidade!

Penso que se estiver aliado a um bom restaurante (de eleição mesmo) num bom local como o Parque das Nações ou a Baixa, publicidade cuidada pode sobreviver. Mas:

1) o restaurante tem de ser mesmo muito bom e tem de dar muito lucro, para pagar o prejuizo que a cervejaria vai dar no início.

2) a única cerveja vendida na casa será a produzida pela casa, como é óbvio uma carta de vinhos de eleição tb é obrigatória.

3) eventos como:

-faça a sua cerveja
-cerveja do mês
-cervejas sazonais
-ofertas de aniversário entre outras podem ajudar a publicitar a casa

4) associar pratos Gourmet a uma cerveja específica, obviamente os pratos e as cervejas seriam rotativos


Mas no fundo, isto é um restaurante com uma cervejaria incluida, sendo esta um factor diferenciador e não ao contrário, mas penso que pode funcionar em Portugal,se houver o investimento certo e tiver as pessoas certas!


Brewmaster
Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » domingo out 28, 2007 14:31

Durante as férias pude observar o que descreveste, Rasec.

Eu acho que se alguém quer montar uma micro-cervejaria com restaurante, ou qualquer estabelecimento semelhante, apenas para ganhar dinheiro, deve pensar seriamente no que se está a meter...
Existem negócios onde o retorno é maior, o investimento mais baixo e o risco menor.

Agora na "nossa" perspectiva (a dos amantes da boa cerveja), a menos que tenhamos uns belos milhares de euros "a fazer confusão" no bolso, o melhor a fazer é não sonhar muito alto.

E depois há uma coisa que é preciso lembrar, fazer 30 litros de cerveja para consumo próprio dá um certo prazer que se distingue da preocupação de fazer 200 ou 300 litros de cerveja para vender ( e com o cliente já à espera dela).
Um passatempo pode transformar-se em trabalho...

Para se construir alguma coisa nesta área é preciso um certa dose de loucura...
Espero que entretanto apareça algum capitalista, tipo Sousa Cintra, que se lance em frente e mude o panorama...


Abraço,
P. Sousa

Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
Rasec
THE BrewMaster
Mensagens: 457
Registado: quinta set 21, 2006 22:50

Mensagempor Rasec » domingo out 28, 2007 16:27

Eu estou mesmo interessado num projecto desses... falta o dinheiro para já!


Como tal por agora estou a estudar a concorrência :roll:


Brewmaster
Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » domingo out 28, 2007 16:47

Podes contar comigo para esse projecto!
Mas o dinheiro também não abunda....

Acredito que, onde estás, tens uma "vista" privilegiada sobre este mundo.
Contudo, é necessário "destilar" essa informação e converte-la à realidade Portuguesa.


Abraço,

P. Sousa



Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
Cerevisiae
8ª Colina
Mensagens: 670
Registado: segunda dez 04, 2006 0:12
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor Cerevisiae » segunda out 29, 2007 0:17

Pois é isto de vender boa cerveja não é fácil!

Ter que suportar a venda de uma cerveja artesanal com qualidade na base de outros produtos traz muita confusão e riscos elevados. Muita gente me tem desafiado a avançar com uma micro ou algo do género, mas vejo pouca viabilidade neste negócio, pelo menos para já.

Seria necessário dinheiro para montar o negócio, promover o conceito, etc.

Já agora lanço a pergunta ao Rasec: na Republica da cerveja o que vende mais; as cervejas tipo artesanal e sazonais ou o portfólio normal da unicer?


Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » segunda out 29, 2007 0:34

Quando fui à Cervejaria Lusitana, por altura da Oktoberfest promovida pelo Instituto Goethe, tive a oportunidade de experimentar as cervejas, que suponha eu, especiais...
Nada de especial!
Fiquei bastante desiludido e o preço pago por 20 cl de cerveja foi bastante alto. Até fez com que uma Erdinger se tornasse barata, comparando qualidade/preço...

Talvez a estratégia seja fazer uma cerveja com pouco sabor, para que a generalidade das pessoas não se queixe...

:mrgreen:
Última edição por ptlsousa em segunda out 29, 2007 14:56, editado 1 vez no total.


Abraço,

P. Sousa



Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
Rasec
THE BrewMaster
Mensagens: 457
Registado: quinta set 21, 2006 22:50

Mensagempor Rasec » segunda out 29, 2007 9:41

Cerevisiae Escreveu:Pois é isto de vender boa cerveja não é fácil!

Ter que suportar a venda de uma cerveja artesanal com qualidade na base de outros produtos traz muita confusão e riscos elevados. Muita gente me tem desafiado a avançar com uma micro ou algo do género, mas vejo pouca viabilidade neste negócio, pelo menos para já.

Seria necessário dinheiro para montar o negócio, promover o conceito, etc.

Já agora lanço a pergunta ao Rasec: na Republica da cerveja o que vende mais; as cervejas tipo artesanal e sazonais ou o portfólio normal da unicer?


Eu sei que já estás à espera desta resposta, mas a cerveja que mais vendia é ... Super Bock Original...

A diferença é tão grande que esta cerveja é alimentada a Beer Drive, enquanto as cervejas especiais eram alimentadas a barris de 30L.

No entanto a maior parte das especiais vendem mais do que Stout, Green e Abadia (falando só das cervejas à pressão).


Brewmaster
Avatar do Utilizador
Cerevisiae
8ª Colina
Mensagens: 670
Registado: segunda dez 04, 2006 0:12
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor Cerevisiae » segunda out 29, 2007 11:22

Rasec Escreveu:...
No entanto a maior parte das especiais vendem mais do que Stout, Green e Abadia (falando só das cervejas à pressão).


Já me deixa um pouco mais contente, isto porque as "especiais" não têm o marqueting que as outras. Lembro-me da última vez que lá estive de ter bebido com agrado a Bock e gostei bastante (até repeti) a pilsen artesanal !

É obvio que a mais vendida seja a SuperBock. As pessoas tendem a pedir aquilo que conhecem e regra geral são pouco dadas a arriscar.

Fazendo um paralelo com o sector vinícola. Nos restaurantes e Supermercados a maioria das pessoas não arriscam em vinhos desconhecidos, o que vai vendendo é o Monte Velho, Porta da Ravessa, Muralhas, etc. Não digo que sejam maus vinhos, mas tal como na cerveja experimentar algo novo pode trazer grandes surpresas :D


Avatar do Utilizador
Rasec
THE BrewMaster
Mensagens: 457
Registado: quinta set 21, 2006 22:50

Mensagempor Rasec » segunda out 29, 2007 14:11

A Bock foi o meu primeiro projecto como cervejeiro, é como um filho para mim! :P


Brewmaster
Avatar do Utilizador
Cerevisiae
8ª Colina
Mensagens: 670
Registado: segunda dez 04, 2006 0:12
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor Cerevisiae » segunda out 29, 2007 22:23

Papá Babado !

bom trabalho :wink:


Avatar do Utilizador
cervisiafilia
Beer Hunter
Mensagens: 85
Registado: quarta set 05, 2007 18:36
Localização: Rio de janeiro - Brasil
Contacto:

Mensagempor cervisiafilia » terça out 30, 2007 9:44

Para os que ficam preocupados com rentabilidade e se o consumidor em geral compraria, vejam o que acontece com a estabilização da produção.

Esta informação é do Blog da Costi bebidas http://blog.costibebidas.com/category/produtos/

15 de Junho de 2007 às 08:47 · admin · Arquivado sob Produtos, Informações

Acaba de chegar novo lote das cervejas artesanais paulistas Dana Bier.

Duas ótimas novidades:
1ª) Os novos rótulos ficaram muito bonitos, destacando mais cada variedade.

2ª) Com o investimento em novos equipamentos e conseqüente aumento da produção, o valor da cerveja baixou de R$ 21,00 para R$ 18,00
Além da qualidade da cerveja, mais dois grandes motivos para degustar as cervejas Dana Bier.

Dana Bier Dani Weiss 660ml : cerveja de trigo clara

Dana Bier Mônica Ale 660ml: cerveja de alta fermentação

Dana Bier Teresa Dunkel 660ml: cerveja de trigo escura


Um abraço!
As Antigas Cervejarias Brasileirashttp://cervisiafilia.blogspot.com.br
Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » terça out 30, 2007 13:40

7€ a garrafa de 660ml não é brincadeira...


Avatar do Utilizador
cervisiafilia
Beer Hunter
Mensagens: 85
Registado: quarta set 05, 2007 18:36
Localização: Rio de janeiro - Brasil
Contacto:

Mensagempor cervisiafilia » quarta out 31, 2007 9:35

Realmente não é para quem quer beber para se refrescar ou se embebedar, são cervejas para degustar ou para quem pode dispender esse(s) valores sem pesar no bolso.
No Brasil as cervejas "artesanais" são de modo geral caras enquanto as "industriais" custam cerca de R$2,00 a garrafa de 600ml, as artesanais chegam a R$60,00 ou mais.
E há freguesia.
E além disso, a cada dia aparece mais um cervejeiro fabricando um tipo de cerveja, até o momento, ainda não apreciado.
O início de produção das artesanais (investimentos em equipamentos, materiais, etc.) faz com que o produto final fique caro, as próximas bateladas vão decrescendo de valor final.
Uma pergunta aos que "fazem cerveja" em PT quanto sai a garrafa de suas produções caseiras (já fizeram comparações ?)


Um abraço!
As Antigas Cervejarias Brasileirashttp://cervisiafilia.blogspot.com.br
Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » quarta out 31, 2007 11:26

cervisiafilia Escreveu:as artesanais chegam a R$60,00 ou mais.


24€??? :shock:

De qualquer maneira, tendo em conta os preços praticados por algumas lojas online brasileiras (78€ (!!!) por uma DeuS na beerparadise.com.br) acaba por compensar pagar esses preços por uma cerveja de qualidade.

Fernando


Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » quarta out 31, 2007 14:48

Depende muito do método e dos ingredientes que se utiliza.
Se comprar os ingredientes mais baratos que existem (sem olhar à qualidade), utilizar este tipo de lúpulo em vez de outro mais aconselhado (porque o fornecedor não o vende) e aplicar levedura seca, o preço por garrafa fica muito baixo mesmo.

Mas se comprar o lúpulo num local, a levedura noutro, o malte num terceiro local (paga-se a qualidade e transportes extra), elaborar receitas que utilizam o dobro (ou mais) do malte e lúpulo habitual, mashing complexo e fervura de mosto durante o dobro do tempo (mais gás), adicionando o trabalho que tudo isto dá (sempre que se trasfega a cerveja é necessário desinfectante para os tubos, fermentador e tampas)...

Enfim...
Eu não penso no preço nem no trabalho e tem valido bem a pena!


Abraço,

P. Sousa



Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3040
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » quarta out 31, 2007 18:20

barbas Escreveu:
cervisiafilia Escreveu:as artesanais chegam a R$60,00 ou mais.


24€??? :shock:

De qualquer maneira, tendo em conta os preços praticados por algumas lojas online brasileiras (78€ (!!!) por uma DeuS na beerparadise.com.br) acaba por compensar pagar esses preços por uma cerveja de qualidade.

Fernando


Os preços que o cervisiafilia referiu raramente são atingidos. Presumo que ele tenha dado o limite superior a que uma cerveja aretsanal poderá chegar. De facto, talvez só mesmo a Eisenbahn Lust ou a Falke Monasterium atinjam tais valores. Mas essas são cervejas de luxo, ao género de DeuS, com garrafa tipo champanhe de 75cl e produto exclusivo.

Outras excelentes cervejas como a Coruja, a Dana ou as Schmitt ficam bem abaixo disso. Lá está: quem quer qualidade vai ter de pagar um preço. Quem não quer, pode beber kaiser, schin ou antarctica.


Avatar do Utilizador
cervisiafilia
Beer Hunter
Mensagens: 85
Registado: quarta set 05, 2007 18:36
Localização: Rio de janeiro - Brasil
Contacto:

Mensagempor cervisiafilia » quinta nov 01, 2007 13:44

Esta é uma das grandes diferenças entre "artesanal" e "industrial":
Pessoal,

"... Um benefício extra de beber boas cervejas é o day after.

Nas últimas semanas, exagerei na dose de Abadessa Export, Helles, Coruja, Barley, Grolsch. E a maravilha é que, fora o sono "mais pesado" (para desespero de minha esposa, não adianta me cutucar que eu não vou parar de roncar), o dia seguinte é uma maravilha. Zero de ressaca.

Ontem sai com amigos aqui em Caxias do Sul e, por falta de opção, acabei tomando 3 Bohemia Weiss. Hoje, minha cabeça parece salão de CTG em dia de baile. Com demonstração de chula. E gaiteiro no canto.

Alguém tem alguma dica para recuperação desta mini-ressaca? Já tomei uns analgésicos, mas ainda não deu resultado. Infelizmente, não posso seguir o conselho número 1 para evitar a ressaca (seguir bebendo)...

Fico pensando o quanto da minha ressaca é causado pelos antioxidantes, conservantes, aromatizantes e outros antes das cervejas brasileiras.
Ontem, percebi nitidamente o efeito Zeca Pagodinho da AMBEV. Na segunda Bohemia, já estava me sentindo estufado e indisposto.

[]s
Everson..."


Um abraço!
As Antigas Cervejarias Brasileirashttp://cervisiafilia.blogspot.com.br
Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » quinta nov 01, 2007 15:25

A cerveja artesanal possui alguma levedura em suspensão, devido à ausência de filtração durante o seu fabrico e acondicionamento.
Devido a este facto, ao beber esta cerveja estamos a consumir levedura, que contém uma boa dose de vitamina B12 (segundo o que li...).
O mau estar associado à ressaca é provocado pela diminuição da água, vitamina B12 e açúcar no organismo, sendo a vit. B12 o factor mais crítico.

No dia seguinte não há muito a fazer... mas no próprio dia, sim.
Pode-se tomar vit. B12 ou chã de flor de cardo (parece que já existem comprimidos com extracto de flor de cardo).

Mas beber menos acaba por ser o mais eficaz... :mrgreen:


Abraço,

P. Sousa



Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3040
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 04, 2007 13:21

Haja alguém que tome a iniciativa:

in Diário de Coimbra

"Cerveja Praxis vai devolver tradição a Coimbra.

Anteontem teve lugar a degustação da cerveja artesanal Praxis, cuja micro-fábrica de produção está a ser instalada em Coimbra. O projecto é de Arnaldo Baptista que pretende ainda complementá-lo com um restaurante

O regresso do fabrico de cerveja à cidade de Coimbra está próximo. O projecto é de Arnaldo Baptista e a degustação do produto foi feita anteontem, no lote 29 da Quinta da Várzea, espaço que vai acolher a micro-fábrica de produção. A bebida já tem nome e vai chamar-se Praxis.
A iniciativa está ainda em fase experimental, sendo que os responsáveis aguardam ainda o processo de licenciamento da unidade. Até lá há equipamentos a testar e ajustes a fazer em termos das receitas.
Arnaldo Baptista define o seu projecto como «uma devolução a Coimbra da tradição na produção de cerveja de qualidade como foram as marcas Topázio ou Unix», as quais a cidade deixou de ter. «Sem pretensiosismo», afirma, pretende «dotar Coimbra deste toque através da existência de uma cerveja própria que seja uma imagem de marca da Academia e da cidade».
Assim, a estrutura produtiva de cerveja pretende tirar partido de receituários ancestrais, como explica o responsável, «ajustando-se aos dias de hoje em termos de regras e de condições de segurança». «Queremos seguir escrupulosamente os conceitos de fabrico artesanal, na medida em que se trata de um produto cujo processo de fabrico assenta em métodos naturais», realça. Importante para os produtores é não haver pressas, na medida em que a cerveja, quando chega à caneca do consumidor tem um tempo de maturação do qual os responsáveis não abdicam.
Para já as expectativas são no sentido de avançar com três tipos de cerveja, a qual será complementada com «um bom restaurante», afirma Arnaldo Baptista, acrescentando que o espaço terá o mesmo nome da cerveja."

http://www.diariocoimbra.pt/17093.htm


Avatar do Utilizador
emsfc
Craft Beer Consultant
Mensagens: 702
Registado: segunda abr 16, 2007 0:27
Localização: Viseu
Contacto:

Mensagempor emsfc » domingo nov 04, 2007 20:34

Muito bom!! Já há uma cobaia :D Aquí estaremos para ver se o conceito pega.


Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » domingo nov 04, 2007 22:00

Acho muito bom alguém avançar com esta iniciativa!
De louvar, mesmo! :D :D

Agora, desconheço a qualidade da Topázio ou da Unix.
Espero que não seja "parecida" com as da concorrência!

Um bem haja, ao Sr Arnaldo Baptista!
Precisamos de mais como ele....


Abraço,

P. Sousa



Chuck Reid Escreveu:Na teoria, não existe diferença entre Teoria e Prática.
Na prática, existe!
Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » segunda nov 05, 2007 22:21

Excelente notícia, sem dúvida. Tenho de começar a pensar numa desculpa para ir a Coimbra :D

«uma devolução a Coimbra da tradição na produção de cerveja de qualidade como foram as marcas Topázio ou Unix»


Acho que o jornalista queria dizer Ónix. Embora a Faculdade de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra tenha fama, uma cerveja Unix era algo rebuscado. :mrgreen:

Fernando


Avatar do Utilizador
Rasec
THE BrewMaster
Mensagens: 457
Registado: quinta set 21, 2006 22:50

Mensagempor Rasec » segunda nov 12, 2007 23:16

Boas,

não conheço a Topázio nem a Onix original, mas provei uma Onix há uns dois anos e sem dúvida são a roçar o horrível... infelizmente...


Encontrei-a nas zonas de Santarém, mas não sei se ainda existirá hoje em dia.


Brewmaster
Avatar do Utilizador
ptlsousa
Beer Master
Mensagens: 716
Registado: quarta set 06, 2006 22:56
Localização: Maia

Mensagempor ptlsousa » terça nov 13, 2007 0:07

Rasec Escreveu:não conheço a Topázio nem a Onix original, mas provei uma Onix há uns dois anos e sem dúvida são a roçar o horrível... infelizmente...


Pelo menos essa é "diferente" das restantes no mercado nacional... :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:


mitos
BeerMaster
Mensagens: 340
Registado: quarta ago 23, 2006 10:59
Contacto:

Mensagempor mitos » sábado dez 08, 2007 16:59

bem vou retomar este topico pra lançar aqui uma ideia

eu respondi em tempos a esta sondagem com um sim inequivoco, adoro tudo, mas mm tudo, o q seja artesanal, e o gozo q me dá consumi-las supera de longe todos os riscos c hipoteticas faltas de higiene e outras coisas q tais

nem vale a pena explicar as minhas razoes pq nao vim aqui p isso

passemos entao ao q interessa: eu disse q compraria e comprei, 10 cervejinhas artesanais do melhor q ja me foi dado beber (com todas as engarrafadas incluidas), e sim foi a esse mestre cervejeiro em q os mais assiduos por aqui estao a pensar

o q eu queria saber junto dos meus amigos e confrades de lisboa é quem é q está meeeesmo interessado em partilhar (e em q quantidades) lotes de cerveja q o nosso mestre cervejeiro venha a fazer, para q possamos engendrar aqui o primeiro embriao de venda de cerveja artesanal em portugal

ja consegui arranjar um esquema em q nao pagamos o transporte do porto p lisboa, depois so temos q as distribuir entre nos ca em baixo

qt a preços falaremos por pm com os interessados. por favor nao me façam perguntas sobre aspectos legais pq eu nao tou nem aí, adoro violar a lei :-)


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3040
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo dez 09, 2007 19:40

mitos Escreveu:bem vou retomar este topico pra lançar aqui uma ideia

eu respondi em tempos a esta sondagem com um sim inequivoco, adoro tudo, mas mm tudo, o q seja artesanal, e o gozo q me dá consumi-las supera de longe todos os riscos c hipoteticas faltas de higiene e outras coisas q tais

nem vale a pena explicar as minhas razoes pq nao vim aqui p isso

passemos entao ao q interessa: eu disse q compraria e comprei, 10 cervejinhas artesanais do melhor q ja me foi dado beber (com todas as engarrafadas incluidas), e sim foi a esse mestre cervejeiro em q os mais assiduos por aqui estao a pensar

o q eu queria saber junto dos meus amigos e confrades de lisboa é quem é q está meeeesmo interessado em partilhar (e em q quantidades) lotes de cerveja q o nosso mestre cervejeiro venha a fazer, para q possamos engendrar aqui o primeiro embriao de venda de cerveja artesanal em portugal

ja consegui arranjar um esquema em q nao pagamos o transporte do porto p lisboa, depois so temos q as distribuir entre nos ca em baixo

qt a preços falaremos por pm com os interessados. por favor nao me façam perguntas sobre aspectos legais pq eu nao tou nem aí, adoro violar a lei :-)


Caro mitos,

como tb já tinhamos falado, sabes que estou interessado em tudo o que faça mexer, nem que seja um pouco, este marasmo cervejeiro em que vamos vivendo. Conhecendo de antemão a qualidade que as cervejas artesanais podem atingir, terás sempre aqui um aliado na transfega desse precioso líquido do Porto (ou qq outro local) aqui para o meu barraco em Lx. Mas quanto a isso acho que é algo que poderemos discutir no nosso encontro de dia 16. No entanto, seria bom que, de facto, outras pessoas pudessem aderir à ideia.

Abraços,


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » segunda dez 10, 2007 1:27

bmxutos Escreveu: No entanto, seria bom que, de facto, outras pessoas pudessem aderir à ideia.


Contem comigo!!

Fernando


beertruck
BeerMaster
Mensagens: 529
Registado: quarta jul 12, 2006 10:19

Mensagempor beertruck » segunda dez 10, 2007 18:28

mitos Escreveu:passemos entao ao q interessa: eu disse q compraria e comprei, 10 cervejinhas artesanais do melhor q ja me foi dado beber (com todas as engarrafadas incluidas), e sim foi a esse mestre cervejeiro em q os mais assiduos por aqui estao a pensar
Oh meu sacana!... :evil: Não me digas que puseste as mãos em 10 daquelas IPAs e não me disseste nada!... :(

mitos Escreveu:o q eu queria saber junto dos meus amigos e confrades de lisboa é quem é q está meeeesmo interessado em partilhar (e em q quantidades) lotes de cerveja q o nosso mestre cervejeiro venha a fazer, para q possamos engendrar aqui o primeiro embriao de venda de cerveja artesanal em portugal
Conta comigo para rachar isso. :wink: Dia 16 falamos nos pormenores.



Voltar para “SONDAGENS, VOTAÇÕES E ESTATÍSTICAS”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante