Página 1 de 1

Stir Plate caseiro

Enviado: quinta jul 24, 2014 12:48
por fmartins
Boas Mestres Cervejeiros,

Há uns tempos que, no pouco tempo que tenho, ando a engenhocar um stir plate caseiro.

Fui arranjando (juntando) umas ventoinhas de fontes de alimentação de pc, uns imans dos cd-roms e de discos rígidos inops que tinha cá por casa, um potenciómetro de regulação de som de umas colunas de pc avariadas, umas fontes de alimentação de 6, 9 e 12 volts das mais variadas origens e comecei a fazer uns testes.

Colei um íman no centro de uma das ventoinhas, liguei o potenciómetro à ventoinha e liguei o potenciómetro a uma fonte de 6 v.

Funcionou, mas o problema é que não fazia a variação de velocidade na ventoinha. O resultado era parado, ou só começava a mexer perto da velocidade máxima. A variação de velocidade era quase impercetível e o potenciómetro aquecia bem. Até cheirava a queimado.

Investiguei mais um pouco e percebi que me faltava um retificador de tensão para acompanhar o variação de tensão do circuito.

Procurei aqui numa loja do burgo mas não encontrei, fui ao ebay e dei com uma coisa excelente. Por menos de 3€ mandei vir da china um circuito integrado já montado, com o ponteciometro, entrada para a fonte e ligação para a ventoinha. Demorou 20 dias a chegar.

Chegou na semana passada. Já testei e funciona impecável. Regula bem a velocidade.

Agora vou arranjar uma caixa e montar tudo.

Entretanto já arranjei um magneto e o Erlenmeyer de 1 litro.

Depois ponho aqui as fotos.

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: sábado jul 26, 2014 17:30
por nogueiraf
POis já estou com o meu em construção à uns tempos, e acabei por ter um circuito feito por um colega de trabalho para não queimar a ventoinha, depois coloco o diagrama

Re: Stir Plate caseiro (cont.)

Enviado: segunda jul 28, 2014 13:39
por fmartins
Boas,

Finalmente, este fim de semana tive um bocadinho para dedicar a este projeto.

Para além o material que já tinha falado no primeiro post, arranjei uma caixa para montar tudo. Aproveitei um antigo arquivo de disquetes que tinha na garagem e instalei as peças nele.

Está a funcionar e acho que está bem.

Só vou melhor um pouco o aspeto exterior, principalmente no que toca a superfície. Estou a pensar por uma tela fina anti derrapante para que o Erlenmeyer não corra o risco de deslizar no plástico.

Para já o custo do Stir Plate caseiro está a baixo dos 3€.

Ficam as fotos.

Qualquer dúvida ou sugestão digam..

Re: Stir Plate caseiro (cont.)

Enviado: segunda jul 28, 2014 13:41
por fmartins
Mais fotos..

Re: Stir Plate caseiro (cont.)

Enviado: segunda jul 28, 2014 13:50
por fmartins
Mais fotos..

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 10:13
por nogueiraf
Muito fixe!!
a unica coisa que me salta mais à vista é a resistência da cobertura da caixa, daquilo que me lembro não era nada resistente e com um Erlenmeyer de 2 litros pode ceder

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 10:17
por KaYs3r
Muito bom projeto, também ando a pensar fazer um semelhante.
É costume usar-se o balão de 2L? Ou um mais pequeno chega? Para ter noção da caixa e da stir bar a usar.

Obrigado.

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 10:20
por nogueiraf
KaYs3r Escreveu:Muito bom projeto, também ando a pensar fazer um semelhante.
É costume usar-se o balão de 2L? Ou um mais pequeno chega? Para ter noção da caixa e da stir bar a usar.

Obrigado.


Basicamente o que dita as regras é a ventoinha pois deves comprar uma stir bar apropriada para o tamanho da mesma (no caso de usares imans mais pequenos)

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 10:36
por KaYs3r
Estou a pensar usar uma ventoinha de PC de 80mm, e já tenho os rare earth magnets, que são redondos com diâmetro de 1cm. A stir bar deve ser +- do tamanho do círculo interior da ventoinha, certo?

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 14:05
por fmartins
No meu caso não testei, não fiz grandes cálculos, como arranjei o Erlenmeyer de 1 litro testei o sistema e funcionou. Sinto que se encher muito o Erlenmeyer ele sente a pressão da água e fica menos eficiente, no entanto mantém a variação de velocidade, baixa é a amplitude de variação. Mas considero natural face ao aumento de volume de líquido.

Gostava só de partilhar um pormenor que talvez ajude. Na ventoinha que usei, primeiro só tinha posto um íman e não funcionava tão bem. Algumas vezes rodava mal e de forma irregular. Com um só íman colado á ventoinha só um do polos do magneto que está dentro do Erlenmeyer é que é influenciado. A rotação fica desequilibrada.

Depois investiguei mais um pouco e vi um esquema em que usavam dois íman´s colados na ventoinha. Colam de forma a que fique um do imans com o polo negativo e o outro com o polo positivo virados simultaneamente para cima. Assim atrai simultaneamente o polo + e - do magneto e ele roda muito mais equilibrado. A rotação fica muito mais precisa e equilibrada.

Por coincidência, no meu caso, os 2 íman´s ocupam o centro da ventoinha e coincide com o comprimento do magneto que tenho. Mas penso que será esta a relação necessária.

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: terça ago 05, 2014 14:15
por fmartins
nogueiraf Escreveu:Muito fixe!!
a unica coisa que me salta mais à vista é a resistência da cobertura da caixa, daquilo que me lembro não era nada resistente e com um Erlenmeyer de 2 litros pode ceder


O meu Erlenmeyer é de 1 litro e acho que deve ser suficientemente resistente. Nos testes que fiz com água e com o Erlenmeyer no limite de um litro, pareceu-me não haver sinal de cedência. O plástico da tampa é rígido e parece-me ter alguma resistência. Mas como dizes e bem, com um Erlenmeyer de 2 litros a coisa já pode ser bem diferente.

Vou ter isto que falaste em atenção. Como disse, vou melhorar a superfície da caixa com uma tela antiderrapante. Quando fizer vou também pensar numa forma de reforçar internamente a superfície.

Re: Stir Plate caseiro

Enviado: quarta ago 13, 2014 15:51
por nogueiraf
Podes colocar umas "réguas" para dar mais suporte à parte superior e aumentar a rigidez da tampa