Inauguração de uma Cask Ale

Comente quais as suas cervejas preferidas, aquelas que menos gosta, as suas qualidades, defeitos e características.
Avatar do Utilizador
VicMaP
BeerMaster
Mensagens: 341
Registado: domingo dez 03, 2006 18:37
Localização: Lisboa
Contacto:

Inauguração de uma Cask Ale

Mensagempor VicMaP » sábado jun 05, 2010 16:42

Amigos e confrades

Eis o texto que deixei no meu novo blog (A Rua Inclinada -http://aruainclinada.blogspot.com/ ) sobre a abertura da Cask Ale aqui anunciada pelo nosso amigo e presidente Bruno.

Imagem Poderá parecer pouco poético a quem me conhece iniciar este local falando de cerveja, mas a verdade é que a efervescente (nem sempre) bebida ocupa uma parte dos meus interesses diários. Portanto, nada de muito escandaloso na escolha do tema. Que aliás passará a ser recorrente por aqui. Prometo.
Portanto, vamos ao assunto sem mais perda de tempo.
Ontem assisti pela 1ª vez à inauguração de uma Cask Ale em Lisboa, mais precisamente no Les Enfants Terribles, restaurante que se situa no centro comercial que ocupa o espaço onde outrora se erguia orgulhoso um Cinema Monumental, hoje já só uma ténue reminescência na memória dos lisboetas.
E o que é uma Cask Ale? perguntará o português para o qual a cerveja se resume à imperial gelada ou à mini, e para quem o ceptro de melhor cerveja do mundo será sempre da Sagres ou da Super Bock, dependendo do local, mais a sul ou mais a norte, onde resida.
Resumidamente, uma Cask Ale é uma cerveja que é embarrilada pouco depois da sua feitura, sendo que leveda então, produzindo uma carbonatação muito característica que liberta componentes influentes nso seu aroma e sabores futuros. O excesso dessa carga gasosa é libertada aquando da abertura do barril, a qual é feita de forma muito característica (esta parte foi tirada do libreto exposto no local, e que referia o evento).
Nesta altura, seria interessante postar aqui algumas fotos do acontecimento, mas a minha habitual distracção levou-me a deixar a máquina fotográfica em casa, e achei que a cerimónia que em si contém algo de litúrgico, merecia mais que umas tremidas (era a emoção do momento) imagens tiradas por telemóvel.
Este método é todo ele muito "british", e posso dizer que a cerveja - no caso uma Master Brew, de uma antiquíssima cervejeira do Kent, a Shepherd's Neame - exalava um intenso odor a pão, a que correspondia um palato igualmente intenso. E espuma a condizer, claro.
Este tipo de cervejas, é o que os ingleses designam por Session Ales, dado que a sua baixa graduação alcoólica permite, sem receio de grandes efeitos secundários, a sua ingestão na razoável quantidade que permita molhar qualquer interessante e prolongada discussão sobre o tempo, o corte do fato, a notável performance do Wayne Rooney do último domingo, ou o derradeiro escândalo sexual envolvendo membros da família real.
Confesso-me mais versado e interessado noutro tipo de cervejas mais vigorosas, mas essas por vezes, se não acompanhadas com algum forro de estômago, podem-nos pregar partidas inesperadas, que esta Master Brew dificilmente consegue.
Apreciei, além da cerimónia - que teve em si aquela toque quase mágico que sente aquando da nossa "1ª vez" de qualquer coisa, desde que seja agradável - a companhia excelente.
E gostei também de saber que Lisboa tem a partir de agora um sítio com uma carta decente de cervejas (os Enfants Terribles já tinham algumas muito boas - todas as esplêndidas Chimay de garrafa ou a bela Leffe Brunne de barril - mas assim sobe a parada de forma assinalável), na qual luz a partir de agora a Spitfire à pressão, uma Ale da cervejeira já evocada, toda a gama (ou quase) da também inglesa Samuel Smith da qual vos deixo uma fotografia do meu espólio pessoal, e outra notáveis das quais a maravilhosa Bush Ambré é só um exemplo.
Ah! e para que conste: o "novo" Monumental é uma estalada no gosto arquitetural de qualquer lisboeta que se preze. Mas o Les Enfants Terribles tem uma bela panorâmica sobre o Saldanha
Até logo

Vic
P.S. - Juro que a gerência do Les Enfants Terribles não sabe que escrevi este texto. Portanto, nem pensem em considerar isto como publicidade paga!


Já agora, espero a vossa visita no meu novo espaço (ainda em (r)evolução)
[/img]


Avatar do Utilizador
canecao
BeerMaster
Mensagens: 436
Registado: segunda ago 21, 2006 17:27

Mensagempor canecao » domingo jun 06, 2010 13:01

Viva!

Então o ruivas loiras e morenas entregou a alma ao seu criador? Venha então de lá essa rua inclinada. Tal como no ruivas, serei um visitante assíduo.

Cheers! (!!!C)


Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor mmmoura » domingo jun 06, 2010 17:25

boa coronica do que se passou, apesar de eu ter chegado lá mais tarde e nao ter assistido á abertura do barril.
è pena nao ter conhecido o colega de forum, pois so acabei por conhecer pessoalmente o Bruno. Boa sorte ai para o novo forum, que passarei a visitar sempre que possivel.
Tambem nao sabia dessas novidades no bar, o que é uma grande melhoria na variedade de cerveja a disposiçao do lisboeta, que ate agora so tinha o british como referencia.


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/

Voltar para “APRECIAÇÃO DE CERVEJAS”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes