O que ando a beber...

Comente quais as suas cervejas preferidas, aquelas que menos gosta, as suas qualidades, defeitos e características.
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 13, 2011 20:11

Dugges High Five!

Uma boa IPA vinda da Suécia, apesar das suas características apontarem para as IPA americanas. Garrafa de 500ml, 7,5% ABV, rótulo em tons verde e lilás, psicadélico e pouco informativo (para mais exclusivamente em inglês).

Cor âmbar, espuma com formação média, branca e retenção média a baixa. Ligeiramente turva. Carbonatação média.

Bom lúpulo no aroma, suave mas ainda assim bastante agradável. Notas florais, pinho e a citrinos. No sabor novamente preponderância do lúpulo mas sem ganhar aquela tendência amarga muito habitual em algumas IPA's dos EUA. O amargor está lá, quer no sabor, quer no final, mas sem se tornar omnipresente e assim ofuscar os outros elementos existentes (citrinos, resina e ananás). Uma IPA saborosa ainda que não excepcional.

Aparência: 6/10
Aroma: 7/10
Sabor: 8/10
Palato: 7/10

Total: 7/10

Imagem
Última edição por bmxutos em domingo nov 13, 2011 21:51, editado 1 vez no total.


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 13, 2011 20:44

Short's Huma-Lupa-Licious

Outra cerveja do Michigan, no caso uma India Pale Ale e desta vez elaborada pela Short's Brewing Company. Rótulo pouco informativo, em tons verdes e com desenho de uma flor de lúpulo.

De cor amarelo dourado, com tonalidades alaranjadas, ligeiramente turva e espuma volumosa e com boa retenção. No nariz apresentou um bom equilíbrio entre o malte e o lúpulo, com preponderência deste último que contrinui com notas de resina, citrinos e frutos exóticos. Bom perfil de lúpulo no sabor, novamente com notas cítricas e a relva (ervas verdes, entenda-se). O amargor final é bem controlado, apesar de subsistir uma acidez no palato que não é tão agradável. Corpo médio e carbonatação média.

Bom, mais uma vez trata-se de uma boa IPA. Não obstante, preferi, por exemplo, a Dugges de que falei acima do que esta Huma Lupa Licious.

Aparência: 6/10
Aroma: 7/10
Sabor: 7/10
Palato: 6/10

Total: 6,5/10

Imagem
Última edição por bmxutos em domingo nov 13, 2011 21:52, editado 2 vezes no total.


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » domingo nov 13, 2011 20:51

Não é uma Cintra Preta (alguém já a bebeu agora que, parece, voltou a ser produzida?) , mas não é uma má schwarzbier:

Imagem

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 13, 2011 22:22

Não, ainda não fui à nova Cintra...

Esta noite estou na companhia da Struise Ignis et Flamma. Mais uma Tripel ao género de IPA. Diferente, para variar um pouco das IPA's americanas.

Abraço,


Avatar do Utilizador
Mrob
Já saca as caricas fora!
Mensagens: 15
Registado: quinta set 08, 2011 3:41

Mensagempor Mrob » segunda nov 14, 2011 21:57

Finalmente tive oportunidade de ir ao porto provar a Sovina IPA e a Ambar.
Uma experiência a repetir, gostei bastante.
Recomenda-se a quem tiver oportunidade de a provar.


Avatar do Utilizador
canecao
BeerMaster
Mensagens: 436
Registado: segunda ago 21, 2006 17:27

Mensagempor canecao » segunda nov 14, 2011 23:49

Comprei umas sovina helles para mim e um amigo, e perdoem-me caso não concordem mas fiquei bastante desiludido. É diferente das sagres e super bocks mas não achei nada de especial, antes pelo contrário. Espero que as restantes sejam, como parecem ser, bastante melhores, caso contrário... -((((


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 15, 2011 23:12

Estragada... Inacreditável! :<<<

Espero que ao menos tenho ajudado a desentupir o cano do lava-louça...

Imagem


Avatar do Utilizador
Mrob
Já saca as caricas fora!
Mensagens: 15
Registado: quinta set 08, 2011 3:41

Mensagempor Mrob » quarta nov 16, 2011 14:30

Ontem fui até ao monumental onde passei uma tarde na companhia das:

Judas

1698

Leffe

La Trappe tripel

Real India Ale


Avatar do Utilizador
chimay
Aprendiz de Cervejeiro
Mensagens: 125
Registado: terça ago 29, 2006 14:10

Mensagempor chimay » quarta nov 16, 2011 21:28

Uma tarde bem passada.

Há muito tempo que não bebo uma Judas. A regressar em breve.


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » quarta nov 16, 2011 22:26

bmxutos Escreveu:Estragada... Inacreditável! :<<<


Infecção? Nem parece coisa da Lost Abbey... Já me deixaste nervoso com a Lost & Found que tenho no frigo :?

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » quarta nov 16, 2011 23:02

barbas Escreveu:
bmxutos Escreveu:Estragada... Inacreditável! :<<<


Infecção? Nem parece coisa da Lost Abbey... Já me deixaste nervoso com a Lost & Found que tenho no frigo :?

Abraço

Fernando


Ainda muito recentemente tinha lido um artigo do Garrett Oliver sobre a problemática de se trabalhar com barris e as dificuldades que daí podem advir. Não sei se foi o que se passou com esta Angel's Share, mas estava mesmo "passada".

Hopefully a tua estará à altura da Lost Abbey.

Por hoje fico-me por uma Liefmans Oud Bruin. Se estiver infectada nem se nota :D

Abraço,


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » quinta nov 17, 2011 23:49

Tenho tido algumas desilusões com a recriação à moda americana de cervejas de trigo de estilo europeu. A adição de lúpulo à pazada em witbiers como a Mikkeller Not Just Another Wit ou hefeweizens como a Sierra Nevada Kellerweis não me parece que traga algum valor acrescentado.

No entanto, hoje fiquei bastante contente com a minha companhia, a Southern Tier Hop Sun, uma dry-hopped American Wheat Ale.

Imagem

Falta-lhe a complexidade da levedura das weizen? Não há laranja ou coentros para trocar as voltas? Sim, mas às vezes não é preciso complicar para se fazer uma boa cerveja.

Favorita no estilo:
Cervejas descomplicadas: Anchor Small Beer

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » domingo nov 20, 2011 0:06

Fui enganado pelo nome. Afinal a De Molen Amarillo não é uma mono-varietal. O Amarillo entra no dry-hopping, mas para o caldeirão vão Saaz e Sladek.

Imagem

Não veio daí nenhum mal ao mundo. Continuou a ser uma Imperial IPA competente, mas demasiado doce para o meu gosto.

Favorita no estilo:
Cervejas com "Amarill" no nome : Brodie's Amarilla

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 20, 2011 22:24

barbas Escreveu: Tenho tido algumas desilusões com a recriação à moda americana de cervejas de trigo de estilo europeu. A adição de lúpulo à pazada em witbiers como a Mikkeller Not Just Another Wit ou hefeweizens como a Sierra Nevada Kellerweis não me parece que traga algum valor acrescentado.


Concordo plenamente. Mas, tal como contigo, há sempre excepções. A Schneider Tap 5 tem uma quantidade de lúpulo anormal para o que estamos habituados mas a combinação é perfeita. Adorei! Alleluia Salvé!


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 20, 2011 22:36

E para esta noite: Evil Twin Yang.

Prost!


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » domingo nov 20, 2011 22:45

BrewDog Zeitgeist

O curioso rótulo desta cerveja tem a seguinte história subjacente: "The design and illustration was the result of a competition which BrewDog ran with Dundee University Art School. A brief was pitched to the 3rd year illustration students and the amazingly talented Heather Brennan stole the show with her amazing design which shows a military line up with the identities of the characters being hidden by sheep masks".

Para além desta curiosidade, a cerveja tem também um site próprio: http://www.zeitgeistbeer.com/

A proposta é a de uma Schwazbier com 4,9% ABV ou, como refere a empresa, uma Black Lager. A descrição comercial é a seguinte: "Zeitgeist is an ideosyncratic alternative black lager It seeks to recreate the spirit, attitude and autonomy of an age gone by. Its inspiration is found more than 200 years ago. Zeitgeist takes an age old classic, a forgotten masterpiece and gives it relevance and an avant-garde edge. Zeitgeist encapsulates our view of contemporary society, yet simultaneously endeavours to improve it. There is too much conformity. Not enough thought, not enough individualism, not enough alternatives. Our military line ups represent conformity to a higher authority, be it political, brand, celebrity, religion or trend. The subjects in our dystopian landscape further seek to repress their identity through uniforms and masks. Yet underneath their body shapes reveal cracks of personality and individualism. Zeitgeist is about identity, non-conformity and idiosyncrasy. It is a collective, an idea, a movement. It is about giving up ownership of itself to those who care enough to listen."

De cor castanho bastante escuro, espuma beige com média formação e média retenção. No nariz a predominância vai para o malte torrado, que na boca transmite uma forte sensação de "seco". Nota-se uma boa presença do lúpulo mas está bem encoberto pelo torrado do cereal. No sabor também café e chocolate negro. É uma cerveja relativamente simples e equilibrada, fácil de beber e surpreendentemente refrescante. Corpo médio e carbonatação leve.

Uma Black Lager muito bem executada. Não é propriamente o meu estilo de eleição mas não me importava nada de beber isto todos os dias.

Aparência: 7/10
Aroma: 7/10
Sabor: 7/10
Palato: 7/10

Total: 7/10

Imagem
Última edição por bmxutos em terça nov 29, 2011 23:44, editado 2 vezes no total.


beertruck
BeerMaster
Mensagens: 529
Registado: quarta jul 12, 2006 10:19

Mensagempor beertruck » domingo nov 20, 2011 22:54

Já há algum tempo que não bebo novas cervejas que me entusiasmem. Ando de relacções cortadas com a Cervezalandia.
Mas voltei há Estucerveza... onde já não comprava nada há uns bons meses e... tenho reencontrado umas velhas amigas das quais já tinha saudades: St. Bernardus, Weihenstephaners, Moinette Blonde, Abbaye des Rocs, Gouden Caroulus, etc.
Hoje foi dia de duas favoritas: Queue de Charrue Bruin e Saison Fantome.
Foi um fim de dia em cheio!


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » segunda nov 21, 2011 9:14

beertruck Escreveu:tenho reencontrado umas velhas amigas das quais já tinha saudades


Pois é... Isto de andar em experimentações constantes tem o seu quê de negativo. Já não sei há quanto tempo é que não bebo uma Abbaye des Rocs ou uma Korbinian....

Quanto às tuas relações cortadas, encontrei outra loja que poderá ser interessante experimentar: http://www.onlineshop.zombier.es/

Tem como atrativo cervejas da The Kernel, Marble, Amager e algumas americanas difíceis de encontrar. Não sei se enviam para Portugal, mas é questão de perguntar aos senhores.

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » segunda nov 21, 2011 9:18

bmxutos Escreveu:Concordo plenamente. Mas, tal como contigo, há sempre excepções. A Schneider Tap 5 tem uma quantidade de lúpulo anormal para o que estamos habituados mas a combinação é perfeita. Adorei! Alleluia Salvé!


Para ser regra têm de haver excepções. E essa Schneider é sem dúvida uma delas :D

Essa Zeitgeist, para uma schwarzbier, tem também carradas de lúpulo mas não deixa de ser a minha preferida no estilo (Love)

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » sexta nov 25, 2011 22:02

Mais uma difícil semana que acabou. Em termos cervejeiros terminei em beleza com uma Avec les Bons Voeux da Brasserie Dupont. Magnífica! :):)


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 29, 2011 21:47

The Bruery Orchard White

Tenho mixed experiences com os produtos da Bruery: ou bastante bem executados ou então com falhas que comprometem a promissora base. Esta Orchard White, infelizmente, calhou no segundo grupo.

A garrafa é de 75cl, com um rótulo muito bonito e que resulta numa embalagem bastante elegante. Cerveja com 5,7% ABV, temperatura recomendada de serviço 7ºC, copo recomendado tipo tulipa ou de vinho. Para sugestões de harmonização entre a cerveja e pratos gastronómicos, sugere-se uma visita ao site da companhia em: www.thebruery.com

A Orchard White tomba mais para o lado das Wits do que das Weiss. Isso mesmo se refere no rótulo: "Belgian-Style Ale, brewed with spices, wheat and oat. Our unparalleled California White Ale offers flavors of fresh citrus, bready wheat and a hint of lavender. Enjoy!"

Bom, o que dizer? Vê-se que a base da cerveja é bastante boa, com notas cítricas, ligeiramente floral, ligeiro fenólico... mas acima de tudo um intenso sabor a desinfectante, uma coisa omnipresente e totalmente dispensável. Quem já fez cerveja caseira e passou deficientemente os recipientes/utensílios por água sabe qual a sensação. Percebe-se que a cerveja podia ser óptima, mas algo de mau aconteceu com a minha garrafa ou o batch donde ela proveio.

Aparência: 6/10
Aroma: 4/10
Sabor: 4/10
Palato: 3/10

Total: 4,25/10

Imagem


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » terça nov 29, 2011 22:17

bmxutos Escreveu: um intenso sabor a desinfectante


Já me estás a assustar :( Tenho uma garrafa a olhar para mim que veio do mesmo sítio da tua.....

Por cá, as últimas bebidas foram as Slaapmutske Blond (muito razoável dentro do estilo) e Kasteel Rouge (muitos furos acima da média das cervejas feitas com cereja que por aí andam).

Abraço

Fernando


Imagem
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 29, 2011 22:23

barbas Escreveu:
bmxutos Escreveu: um intenso sabor a desinfectante


Já me estás a assustar :( Tenho uma garrafa a olhar para mim que veio do mesmo sítio da tua.....

Por cá, as últimas bebidas foram as Slaapmutske Blond (muito razoável dentro do estilo) e Kasteel Rouge (muitos furos acima da média das cervejas feitas com cereja que por aí andam).

Abraço

Fernando


Calma amigo. Sabes também que eu guardo algumas cervejas por tempo superior ao recomendado. Não acho que foi isso que aconteceu com esta Bruery mas imaginemos que sim :D

Já bebi uma Slaapmutske mas não me recordo qual. Quanto à Kasteel concordo plenamente contigo. Muito boa.

Hoje... hoje vou dedicar-me a uma Montagnarde. Acho que nunca a tinha bebido! Ontem foi a Blanche des Honnelles. Estou na fase Abbaye des Rocs.

Abraço,


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 29, 2011 22:45

Struise Ignis & Flamma

Vendida como uma "Fresh IPA from Flanders", mais parece uma Tripel bem lupulada. Aliás, a Struise que me perdoe mas não me pareceu nem uma IPA ao estilo inglês, nem uma IPA ao estilo norte-americano. Ah, Ok, esqueci-me, é uma IPA ao estilo flamengo...

O rótulo parece saído de um filme psicadélico dos anos 70. Muito garrido e pouco perceptível. Retenhamos que se trata de uma cerveja com 7% ABV numa garrafa de 33cl.

Aparência magnífica numa cerveja acobreada, espuma off-white, volumosa, cremosa, com grande retenção e que deixa um bonito laço ao longo da prova. Forte carbonatação inicial que se dissipa gradualmente.

O aroma não é muito lupulado, sendo bem acompanhado por notas frutadas a tangerina e uva. O sabor também não é marcadamente amargo e acaba por ser mais aguado do que o expectável. Notas a lúpulo, algum malte e frutas (pêssego). Atenuação acentuada. O final apresenta também pouco amargor para uma IPA, apesar de ser significativamente seco. Siceramente esperava mais...

Aparência: 9/10
Aroma: 7/10
Sabor: 6/10
Palato: 6/10

Total: 7/10

Imagem
Última edição por bmxutos em terça nov 29, 2011 23:38, editado 1 vez no total.


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 29, 2011 22:48

Dark Horse Fore Smoked Stout

Já aqui tinha falado desta Fore a propósito da Dark Horse Reserve Special Black Bier. As primeiras palavras que me vêm à memória para descrever esta cerveja são pujante e torrado. Centos de cereal torrado. Hordas!

O rótulo segue a linha das outras cervejas que bebi da Dark Horse: feio e pouco informativo. É uma cerveja preta muito escura, apenas com alguns reflexos castanhos a contra-luz. Espuma castanha com formação média e que colapsou rapidamente.

Aroma a cereal torrado e melaço. As notas defumadas são muito ligeiras. O torrado do cereal é novamente rei e senhor no sabor, o que transmite algum amargor e mesmo acidez final. Notas a tabaco/cinza. Sabor muito intenso.

Quem gosta de notas torradas muito fortes não procure mais, a Fore é uma excelente opção. Como não é isso que procuro mais numa cerveja, achei-a um pouco monocórdica.

Aparência: 6/10
Aroma: 7/10
Sabor: 6/10
Palato: 6/10

Total: 6,25/10

Imagem
Última edição por bmxutos em terça nov 29, 2011 23:42, editado 1 vez no total.


Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça nov 29, 2011 23:21

Stillwater Outblack

Bem, na verdade esta cerveja não é só da norte-americana Stillwater pois é feita em colaboração com a belga Struise nas instalações da Deca. Aliás, o rótulo refere que é um produto belga e o estilo é Belgian Strong Ale.

Um rótulo à Struise, isto é, nada de especial. 10% ABV e para consumir de preferência antes de 2016. Esta não estava estragada :mrgreen:

Descrição comercial: "The Outblack phase, which is a Belgian ale brewed with water, barley, oats, wheat, rye, hops, sugar and yeast, took us 29 days to develop, 12 hours to brew, 44 minutes to sample this jewel, and 2.8 seconds to get a smile on our face!"

Apresentou cor castanho bastante escuro com uma bonita espuma beige, com boa retenção. Bonito laço belga. Muitas partículas em suspensão. Aroma intenso a melaço, cereal torrado e café. No sabor vem novamente o melaço, café e o álcool torna-se mais presente. Ligeiro alcaçuz. Final prolongado, seco e com algum amargor. Esperava mais notas a lúpulo. Ouvi para aí Black IPA? Nope, nem pensar. Belgian Strong Dark Ale ou algo que o valha.

Aparência: 6/10
Aroma: 7/10
Sabor: 7/10
Palato: 7/10

Total: 6,75/10

Imagem


Avatar do Utilizador
barbas
BeerMaster
Mensagens: 623
Registado: quinta set 27, 2007 20:13

Mensagempor barbas » quinta dez 01, 2011 21:36

Semana alucinante que ainda não parou. Estive ontem em Madrid, mas sem tempo para provar nada de novo. Ainda não foi desta que provei as "La Cibeles". Fica para a próxima...

Em dia de feriado, marcharam uma Lurisia 6 (uma coisa estranha a caminho de uma wit, feita com trigo sarraceno e levedura de vinho) e uma Evil Twin Ashtray Heart (fumo, muito fumo, numa Imperial Stout reconfortante para o Inverno).

Abraço

Fernando


Imagem
Patricia
Beer Hunter
Mensagens: 51
Registado: segunda out 10, 2011 17:11
Localização: Seixal

Mensagempor Patricia » sexta dez 02, 2011 12:25

Voltei a Sesimbra a uns dias atrás onde provei estas
Imagem
Imagem

A gulden draak já tinha provado antes, mas já não bebia a algum tempo. A lindemans pecheresse é mesmo muito agradável como todas as lindemans que provei ate agora.

Ontem fui espreitar o tal bar do Monumental tão falado por aqui. Tem bastante oferta e achei o espaço muito giro. Fiquei-me por uma Gordon Finest Scotch e uma Samuel Smith's India Ale.


Avatar do Utilizador
mmmoura
Beer Expert
Mensagens: 239
Registado: domingo fev 22, 2009 23:32
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor mmmoura » terça dez 06, 2011 0:41

hoje passei pelo campo pequeno, e dei um saltinho à feira de artesanato de natal, que lá estava a decorrer no interior da praça. La no meio havia uma banca a vender só coisas com chocolate, e tinha lá a Meantime Chocolate.
É pena ter acabado hoje, comprei uma garrafinha que ta ali a espera para ser provada!

quais as opiniões sobre esta menina?

Imagem


Cumprimentos Cervejeiros
Manuel Moura

blog: http://sergas-aminhacerveja.blogspot.com/
Avatar do Utilizador
bmxutos
Site Admin
Mensagens: 3047
Registado: terça mai 16, 2006 2:07
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagempor bmxutos » terça dez 06, 2011 12:07

mmmoura Escreveu:quais as opiniões sobre esta menina?


É boa, amigo. Acho que vais apreciar se, como acho, fores adepto de Stouts. Lá no fundo encontras as notas de chocolate que equilibram a coisa.

Abraço,



Voltar para “APRECIAÇÃO DE CERVEJAS”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes