Uma curiosidade

Comente quais as suas cervejas preferidas, aquelas que menos gosta, as suas qualidades, defeitos e características.
Avatar do Utilizador
VicMaP
BeerMaster
Mensagens: 341
Registado: domingo dez 03, 2006 18:37
Localização: Lisboa
Contacto:

Uma curiosidade

Mensagempor VicMaP » segunda out 08, 2007 17:01

ImagemImagem
A propósito de um post que o Edson escreveu aqui recentemente sobre as cervejas de sabores que se encontram à venda nos "Continentes", gostaria de vos contar uma experiência curiosa recente.
Não sou um aficionado fanático destas cervejas, mas bebo com algum prazer algumas. Tenho sempre algumas de reserva, uma vez que os 50% femininos cá da casa, é as que mais aprecia, especialmente a Mort Subite Framboise.
Desta vez, abrimos uma Bellevue Kriek de 0,375, uma garrafinha de formato idêntico às de champagne, e uma Alhambra Reserva 1925, que acompanharam um presunto pata negra e um queijo seco de Azeitão.
Não falo desta última, porque já aqui se referiu a sua excelente qualidade.
Mas com a Bellevue aconteceu algo que me deixou algo surpreendido. A cerveja, ao ser desarrolhada estava bem fresca, provei-a, achei-a razoável e a minha cara metade achou que não era má (pensei que não gostasse, visto ela não conseguir comer cerejas), mas que preferia a Mort Subite.
Até aqui, nada de mais. Porém, à medida que a cerveja ia perdendo a frescura, ia-se acentuando o sabor, o que agradou bastante mais à minha mulher. Provei novamente e confirmei: a cerveja estava mais agradável, parecia que tinha ganho mais corpo. Isto é, aconteceu com uma cerveja Kriek o que é normal acontecer com outras cervejas mais tradicionais, nomeadamente com as Trappiste ou outras cervejas de abadia, as quais se é aconselhado a consumir a temperaturas acima dos 10º (embora esta não tivesse chegado a subir a esta temperatura, creio eu).
Não acham estranho que um tipo de cerveja que normalmente se consuma bem fresco, afinal ganhe com a subida da suua temperatura?

Vic


Avatar do Utilizador
emsfc
Craft Beer Consultant
Mensagens: 702
Registado: segunda abr 16, 2007 0:27
Localização: Viseu
Contacto:

Re: Uma curiosidade

Mensagempor emsfc » segunda out 08, 2007 17:14

VicMaP Escreveu:Não acham estranho que um tipo de cerveja que normalmente se consuma bem fresco, afinal ganhe com a subida da suua temperatura?


Eu acho que isso acaba por acontecer com a maior parte das cervejas. A baixa temperatura esconde o sabor. No caso das lagers que temos em Portugal, e que se vêm em outros lados, até é bom bebe-las bem geladas, já que de sabor não têm nada de especial. Já com as Trappiste, é um crime bebe-las bem geladas :)
Em relação à Reserva 1925, penso que o que a favorece muito é o lúpulo que utilizam na sua produção (Saaz). Torna-a ligeiramente (muito ligeiramente) semelhante à Urquell e à Budweiser Budvar. Um amigo meu, leigo nestas questões de cervejas, notou logo a semelhança. Diz ele que têm um aroma e um sabor a azeitonas :D :D :D



Voltar para “APRECIAÇÃO DE CERVEJAS”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 5 visitantes