Página 1 de 1

Registo de Marcas

Enviado: quinta jul 10, 2014 22:53
por Luis Eleuterio
Boas Noites, hoje recebi uma carta da easymarca, para efectuar um pagamento de trezentos e tal euros, para pagar a vigilância da marca durante 10 anos, a minha questão é a seguinte eu registei directamente no INPI e não faço a mais pequena ideia porque é que esta gente me mandou a carta, fui ao site deles só tem um mail, será que alguém que me pode elucidar sobre este caso.

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta jul 11, 2014 8:25
por Gimleu
Posso... Caga neles!

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta jul 11, 2014 10:41
por nogueiraf
Basicamente estão a propor-te um negócio, devem estar a ver as novas marcas registadas e depois tentam fazer o contrato para defesa da marca!!

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta jul 11, 2014 12:41
por Luis Eleuterio
Foi o que eu pensei, Obrigado :)

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta jul 11, 2014 13:03
por HAMR
Só recebeste uma carta?
Ainda vais receber mais....

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta out 31, 2014 11:43
por seriuskiller
Luis Eleuterio Escreveu:Foi o que eu pensei, Obrigado :)

É, prepara-te para receber mais.

Re: Registo de Marcas

Enviado: quarta nov 26, 2014 16:52
por pime
Luis,

É simples. Quando tu registas uma marca (qualquer que seja ela) existem empresas que promovem um serviço de acompanhamento que na pratica resume-se a verificar durante um determinado período se não existem outras pessoas a registarem a mesma marca ou semelhante.

Desta forma poderão avisar-te para o efeito e iniciar procedimentos jurídicos que terás de pagar também.

Em suma não é de todo um serviço pró-eficiente.

Abraços

Re: Registo de Marcas

Enviado: quarta nov 26, 2014 18:27
por aneker
pime Escreveu:Luis,

É simples. Quando tu registas uma marca (qualquer que seja ela) existem empresas que promovem um serviço de acompanhamento que na pratica resume-se a verificar durante um determinado período se não existem outras pessoas a registarem a mesma marca ou semelhante.

Desta forma poderão avisar-te para o efeito e iniciar procedimentos jurídicos que terás de pagar também.

Em suma não é de todo um serviço pró-eficiente.

Abraços


Não percebi! Deve estar aí uma grande confusão.

Parte-se do principio que a marca uma vez registada mais ninguém a poderá usar a não ser o próprio detentor dessa marca.

Eles não têm de fazer nenhum acompanhamento, apenas não aceitam outro registo com o mesmo nome, e isso é tudo.

O detentor da marca que está a ser plagiada ou utilizada indevidamente é que tem de agir judicialmente e por sua conta e risco, se assim o desejar... não tem de pagar absolutamente nada com procedimentos jurídicos ao INPI... Mas era só o que faltava.

Portanto Ninguém tem de andar a vigiar absolutamente nada porque as marcas são registadas no mesmo serviço...

Re: Registo de Marcas

Enviado: quarta nov 26, 2014 19:45
por HAMR
aneker Escreveu:
pime Escreveu:Luis,

É simples. Quando tu registas uma marca (qualquer que seja ela) existem empresas que promovem um serviço de acompanhamento que na pratica resume-se a verificar durante um determinado período se não existem outras pessoas a registarem a mesma marca ou semelhante.

Desta forma poderão avisar-te para o efeito e iniciar procedimentos jurídicos que terás de pagar também.

Em suma não é de todo um serviço pró-eficiente.

Abraços


Não percebi! Deve estar aí uma grande confusão.

Parte-se do principio que a marca uma vez registada mais ninguém a poderá usar a não ser o próprio detentor dessa marca.

Eles não têm de fazer nenhum acompanhamento, apenas não aceitam outro registo com o mesmo nome, e isso é tudo.

O detentor da marca que está a ser plagiada ou utilizada indevidamente é que tem de agir judicialmente e por sua conta e risco, se assim o desejar... não tem de pagar absolutamente nada com procedimentos jurídicos ao INPI... Mas era só o que faltava.

Portanto Ninguém tem de andar a vigiar absolutamente nada porque as marcas são registadas no mesmo serviço...

Pode-se registar a mesma marca, desde que em classificações diferentes.
Essas empresas basicamente oferecem o serviço que o pime refere...

Re: Registo de Marcas

Enviado: quinta nov 27, 2014 17:39
por aneker
HAMR Escreveu:Pode-se registar a mesma marca, desde que em classificações diferentes.
Essas empresas basicamente oferecem o serviço que o pime refere...



Não me parece.

Eu é que me referia à mesma classificação... Sendo assim, e como se pode registar em classificações diferentes, resta vigiar o quê? E agir judicialmente contra quem e porquê? E que empresas são essas que estão a falar!!! Por acaso agem por sua conta sem ninguém lhes solicitar o serviço? Essa está boa...

Re: Registo de Marcas

Enviado: segunda dez 01, 2014 10:51
por nogueiraf
aneker os registos são públicos, logo quem tenta registar algo é publicado o pedido de registo e abertura de período de impugnação do pedido, ora quem tem uma marca pode achar que vai ser prejudicada com um registo novo e pode colocar em causa esse registo. Essas empresas cobram um valor para fazer a vigilância pela empresa em causa tão simples como isso!

Re: Registo de Marcas

Enviado: segunda dez 01, 2014 16:22
por aneker
nogueiraf Escreveu:aneker os registos são públicos, logo quem tenta registar algo é publicado o pedido de registo e abertura de período de impugnação do pedido, ora quem tem uma marca pode achar que vai ser prejudicada com um registo novo e pode colocar em causa esse registo. Essas empresas cobram um valor para fazer a vigilância pela empresa em causa tão simples como isso!


Continuo a dizer que deve haver aí confusão!

Então em que situação ficamos? Se a empresa detentora de uma marca registada sentir que qualquer outro nome que estão a tentar registar interfere com o deles sem ser igual (só desta forma é que faz sentido porque senão nem o registo poderia acontecer) contrata alguma empresa para tratar do processo... Ou tem já alguma empresa que está encarregue disso mas porque lhes contratou os serviços antecipadamente...

Que história é essa de empresas virem cobrar a defesa de uma marca sem ninguém os contratar? Continuo a dizer que era só o que faltava.

Isto é que é simples.

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta dez 05, 2014 14:45
por nogueiraf
É Simples assim, quer quiser impugnar tem dar motivos para essa impugnação, se forem válidas a marca não será aceite, caso contrário será aceita.
Um exemplo quando alguém se casa pela igreja é colocado um aviso nas paróquias onde os noivos viveram, para caso alguém queira contestar o casamento o possa fazer :wink:

Re: Registo de Marcas

Enviado: sexta dez 05, 2014 18:15
por aneker
nogueiraf Escreveu:É Simples assim, quer quiser impugnar tem dar motivos para essa impugnação, se forem válidas a marca não será aceite, caso contrário será aceita.
Um exemplo quando alguém se casa pela igreja é colocado um aviso nas paróquias onde os noivos viveram, para caso alguém queira contestar o casamento o possa fazer :wink:


Penso que o melhor é falar aqui com este belga radicado no Brasil, que na falta de melhores ideias se lembrou de fazer isto:

Imagem

Será que os tipos da Duvel já sabem?

Re: Registo de Marcas

Enviado: segunda dez 08, 2014 0:36
por seriuskiller
aneker Escreveu:
nogueiraf Escreveu:aneker os registos são públicos, logo quem tenta registar algo é publicado o pedido de registo e abertura de período de impugnação do pedido, ora quem tem uma marca pode achar que vai ser prejudicada com um registo novo e pode colocar em causa esse registo. Essas empresas cobram um valor para fazer a vigilância pela empresa em causa tão simples como isso!


Continuo a dizer que deve haver aí confusão!

Então em que situação ficamos? Se a empresa detentora de uma marca registada sentir que qualquer outro nome que estão a tentar registar interfere com o deles sem ser igual (só desta forma é que faz sentido porque senão nem o registo poderia acontecer) contrata alguma empresa para tratar do processo... Ou tem já alguma empresa que está encarregue disso mas porque lhes contratou os serviços antecipadamente...

Que história é essa de empresas virem cobrar a defesa de uma marca sem ninguém os contratar? Continuo a dizer que era só o que faltava.

Isto é que é simples.


Não vem cobrar nada, vem oferecer os seus serviços e dizem qual o preço, só isso.